Temporal provoca mais de 70 incidentes

O Plano de Prevenção montado pela empresa Águas do Ribatejo (AR) na sequência dos alertas lançados pela Proteção Civil e Municípios permitiu evitar cortes no abastecimento a milhares de pessoas na região e assegurou o funcionamento das estações de tratamento de esgotos. Neste momento há vários equipamentos submersos nos concelhos de Coruche e Chamusca, mas está assegurado o abastecimento de água e o tratamento de águas residuais.

Quatro estações elevatórias em Coruche e no Arripiado (Chamusca) estão submersas, e vários equipamentos atingiram a sua capacidade máxima, devido ao excesso de águas pluviais, obrigando a AR a implementar os planos alternativos com as descargas de tempestade a encaminharem o efluente para as linhas de água com a devida autorização das entidades competentes.

Nos dias 9 e 10 e 11 de fevereiro registaram-se mais de 70 ocorrências em equipamentos, com falhas de energia e avarias. Na maioria dos casos foi possível utilizar sistemas ou equipamentos alternativos e evitar as falhas no abastecimento de água.

O temporal destrui vários equipamentos e sistemas de comunicação. Neste momento mantêm-se submersos várias infraestruturas instaladas próximo das linhas de água, mas está assegurado o abastecimento de água e o funcionamento de todas as ETAR nos sete municípios.

A AR está a acompanhar a evolução da situação em sintonia com a Proteção Civil e mantém ativo o seu plano de prevenção para minimizar os impactos de novas ocorrências.

.