Noticia O Almeirinense: U. Almeirim e Footkart falham entendimento. Clubes reagem

O U. Almeirim e o Footkart falham entendimento para projeto de formação complementar um ao outro.

Ontem realizou-se uma reunião conjunta, que terminou de forma cordial, sabe O Almeirinense. Na base deste acordo estaria, um clube ter o futebol de 11 e outro o futebol de 7. Mas esse não foi o único ponto em que não houve entendimento. Em muitos outros há opiniões divergentes.

As direcções do Footkart e UFCA não foi possível chegar a acordo para a próxima época desportiva no que diz respeito ao futebol de formacão para o Concelho de Almeirim.

“Alguns dos pressupostos que estiveram na origem da reunião de ontem foram tidos como mal entendidos o que inviabilizou a concretizacao de um acordo. Pensamos que, no momento, uma junção não seria benéfico para o Footkart e também não estamos dispostos a aceitar constrangimentos ao crescimento do nosso clube”, explica Vasco Carvalho.

A direcção do União de Almeirim entende que não faz sentido existirem dois clubes de Almeirim a <<guerrearem-se>>, e a fazerem o mesmo trabalho, e por “considerarmos que o trabalho realizado pelo Footkart no Futebol 5 e 7 é meritório, estaríamos a contribuir para um ambiente saudável entre os clubes em que os jogadores acima de tudo se sentissem de Almeirim e não do Footkart ou do U. Almeirim, e contribuindo para que os dois clubes fossem mais fortes”.

Acrescenta o União que “não foi possível um entendimento pelos simples facto de o Footkart se mostrar intransigente num dos pontos base deste contacto. O objectivo seria o Footkart ficar responsável pelo futebol 5 e 7 e o União de Almeirim pelo futebol 11. Acontece que, o Footkart mostrou intenção de ficar com uma equipa de Iniciados, situação que na óptica do União de Almeirim não faria qualquer sentido visto violar um dos pontos base deste contacto”.

“O União de Almeirim sai de consciência tranquila destas negociações por ter tido não só a iniciativa de contactar o Footkart mas por considerar ter apresentado a melhor solução para o futebol da cidade de Almeirim. Falhado este acordo, continuaremos na próxima época desportiva a dar o melhor de nós no futebol 5, 7 e 11, sempre com o objectivo de formar bons jogadores de futebol e bons atletas, que possam dar mais alegrias a Almeirim”, conclui o líder do Projecto Viver UFCA, André Mesquita.

.