Morreu Tesoureiro da Junta de Almeirim. “O concelho perdeu um grande homem”

conciencia

Manuel Consciência, Tesoureiro da Junta de Freguesia de Almeirim, faleceu durante a madrugada de sábado, cerca das 3h da manhã.

O Tesoureio da Junta acabou por não resistir apesar de ter sido operado na sexta-feira à noite. O funeral realiza-se este domingo pelas 17h00, em Almeirim e o corpo chega à casa mortuária pelas 12h30 também deste domingo.

“Um homem de indiscutível valor, sempre dedicado à família, ao trabalho e à sua terra. Uma pessoa estimada e respeitada por quem o conhecia”, diz a Junta em comunicado.

“O concelho perdeu um grande homem”, sublinha o Presidente da Câmara Municipal de Almeirim, Pedro Ribeiro.

Manuel Consciência esteve na Unidade de Cuidados Intensivos do Hospital de Santarém, mas depois foi transferido no Hospital de Santa Marta, em Lisboa, onde acabou por falecer.

O tesoureiro sofreu um aneurisma da aorta. O aneurisma da aorta é uma dilatação de um segmento desse vaso sanguíneo. A aorta, é a principal artéria do corpo. Ela nasce no coração, atravessa o tórax e o abdomen, dando origem a todas as artérias  que levam o sangue aos diversos os segmentos do corpo.

Manuel Consciencia foi comandante da esquadra da PSP de Almeirim, autarca e tesoureiro da junta de freguesia de Almeirim mais de duas dezenas de anos. Foi ainda dirigente dos Bombeiros de Almeirim em muitos mandatos, sendo atualmente membro do conselho fiscal.

Manuel Consciência estava a dar uma entrevista ao Jornal O Mirante quando a situação ocorreu. O semanário acrescenta que o autarca sentiu-se mal e caiu da cadeira.

O autarca tinha 77 anos.

.