CDU espera que a Câmara não recorra na derrota do caso ALDESC

Sónia Colaço espera que a Câmara Municipal de Almeirim não recorra da decisão do Tribunal de Trabalho de Santarém que deu razão aos trabalhadores da ex-ALDESC.

No período antes da ordem do dia na reunião de Câmara Municipal de Almeirim de 4 de agosto e em reacção à noticia avançada pelo Jornal O Almeirinense, a vereadora ecologista referiu “que caso se confirme a decisão do Tribunal de Trabalho relativa aos trabalhadores da ALDESC, a CDU regozijasse com a mesma, pois considera que é agora reposta a justiça perante a dupla injustiça feita para com os trabalhadores, pela perda do seu trabalho mas também pela perda da indeminização devida. A CDU espera que a CM não recorra desta decisão do tribunal, que dê cumprimento à mesma, no sentido de não só repor a justiça que é devida aos trabalhadores mas também como forma de distanciamento das práticas anteriores”.

.