Fundo Rainha D. Leonor: SCMA escolhida

As primeiras candidaturas das Misericórdias Portuguesas a receber apoio financeiro através do Fundo Rainha D. Leonor, foram já aprovadas pela presidência do Fundo, composta por Pedro Santana Lopes e Manuel de Lemos.

A Mesa da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa autorizou o respetivo financiamento. Nesta primeira fase foi selecionado, entre outros, o projetos da Misericórdia de Almeirim.
A conversão do antigo hospital de Almeirim em creche e jardim-de-infância, é um dos projetos que será agora concretizados com o apoio do Fundo Rainha D. Leonor. Para além da criação de postos de trabalho, este financiamento e a consequente concretização dos projetos apresentados permitirá apoiar várias dezenas de pessoas – entre crianças, adultos e idosos – e respetivas famílias.

A Santa Casa apoia assim o trabalho das Misericórdias em causas sociais prioritárias, a génese da criação do Fundo Rainha D. Leonor, concretizado pela Santa Casa da Misericórdia de Lisboa e pela União das Misericórdias Portuguesas, que pretendem dar um contributo para a coesão social e territorial do país.
As instituições apoiadas poderão alargar e consolidar o bom trabalho desenvolvido na respetiva área geográfica de intervenção, contribuindo para o reforço do apoio social de proximidade e construção de equipamentos sociais eficazes que respondam às necessidades específicas da população.

A seleção destes projetos está também relacionada com as condições de necessidade, de sustentabilidade e de qualidade que o Fundo exige na aprovação das suas candidaturas.

.