Lutar pela sua silhueta, à conquista do seu corpo

Com a chegada da Primavera, chegam também as preocupações com os quilinhos a mais ou com a celulite que se acumularam, discretamente, sob as roupas de Inverno. É nesta altura que mais pessoas me procuram para emagrecer ou simplesmente adelgaçar aqui e ali. São mais as pacientes femininas que se preocupam com estes problemas, no entanto tenho cada vez mais homens a procurarem perder peso, sobretudo no abdómen. A minha experiência tem-me ditado que os homens preocupam-se mais com o excesso de peso ou com a gordura localizada por motivos de saúde, enquanto as mulheres o fazem por razões estéticas. Isto apesar de a saúde global ficar sempre a ganhar com um organismo ‘limpo’ das gorduras desnecessárias.
Foram estas diferenças entre pacientes que me levaram a concluir que o ideal, em termos de eficácia, é separar o tratamento em dois âmbitos: emagrecimento (perder peso) e adelgaçamento (perder gorduras localizadas).
Os resultados são automaticamente optimizados, e isso recorda-me a minha paciente Teresa, que tinha um problema de acumulação de gordura e celulite nas ancas, mas que pesava 48kg para os seus 153cm. Ou seja, não tinha massa gorda excessiva, a Teresa tinha era celulite acumulada nas ancas. A ponto de se identificar celulite mesmo sem se apertar a pele (teste cutâneo). Teresa não podia emagrecer e por isso não fazia dietas, se emagrecesse, como ela dizia, “desaparecia”. A minha opção foi usar o Método Adelgaçante que desenvolvi, sem implicar nele o Método de Emagrecimento. Celulite e gorduras são atacadas a nível localizado, com o uso de agulhas de acupunctura especiais, eletro-estimuladas a uma frequência específica, ao ritmo de uma sessão de 40 minutos por semana. A gordura retida nos adipócitos (células gordas) liberta-se, ficando disponível para ser consumida pelo organismo, desaparecendo, assim, com a celulite e com o volume no local. Para se perder peso, utiliza- -se um outro método. Claro que os problemas mistos (excesso de peso com zonas de excesso de gordura) tratam-se juntando, em proporções individualizadas, o Método Adelgaçante com o Método de Emagrecimento, para que, desse modo, se combata não só o peso a mais, mas também a celulite e gordura localizadas.
Criei nas minhas clínicas uma equipa dedicada exclusivamente ao tratamento das inestéticas gorduras que assolam tantas ‘Teresas’ deste país, porque o peso ou a gordura a mais, localizada ou por todo o corpo, são inimigos do bem estar e da saúde física e psicológica.

 

Dr. Pedro Choy – Professor universitário

.