Alunos do concelho desafiados

Acaba de ser lançado o programa Moche#DáTudo by Projeto80, uma iniciativa que desafia alunos do Ensino Básico e Secundário a apresentarem projetos que fomentem a cidadania, o empreendedorismo, o associativismo, a sustentabilidade, a preservação da biodiversidade e dos recursos naturais, a economia verde e o voluntariado.

Com o mote “Ocupa o teu lugar na História”, o Projeto80 pretende incentivar os jovens entre os 13 e os 17 anos a discutir, criar e agir em torno dos temas que fazem parte da sua realidade, seja ela a da sua escola, da sua rua ou da sua comunidade com vista a promover uma ação de cidadania mais ativa e relevante para o futuro sustentável do País.

As candidaturas abrem no próximo dia 2 de novembro e podem ser submetidas até 31 de maio de 2017, no site www.projeto80.pt. A iniciativa é aberta a todas as escolas do país e cada escola pode inscrever mais do que um projeto, desde que com temáticas diferentes e equipas até 20 membros. A partir de janeiro de 2017, o Roadshow MOCHE#DáTudo by Projeto80 estará de visita a 36 escolas, duas por cada distrito nacional, para apresentação da iniciativa e sessões de debate.

A apresentação da IV edição do Projeto80 decorreu na Escola Secundária Diogo de Gouveia, em Beja, e contou com a participação do Secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Rebelo, e do Secretário de Estado do Ambiente, Carlos Martins.

Para o Secretário de Estado do Ambiente, Carlos Martins, “a poupança de recursos naturais, a eficiência energética, a participação cívica e o voluntariado são temas da maior importância para o futuro do país. O Projeto80 convida os jovens a arriscar, pensar de forma disruptiva e a fazer diferente.”

O Secretário de Estado do Desporto e Juventude, João Paulo Rebelo, completa “são iniciativas como o Projeto80 que permitem que os jovens de hoje – cidadãos de amanhã – tenham uma participação cada vez mais ativa nas comunidades onde estão inseridos.”

A sessão de abertura contou ainda com a presença de Rui Beijoca, o orientador do projeto “Surf na Serra do Caldeirão”, vencedor da categoria Iniciativa Jovem – Projeto 80 dos Green Project Awards em 2014. Trata-se de um projeto inovador de pranchas de surf de rolhas recicladas, desenvolvido por alunos do 3º ano do Curso Profissional de Técnico de apoio à Gestão Desportiva na Escola Secundária José Belchior Viegas. Este projeto envolveu a construção de pranchas feitas da reutilização de rolhas de cortiça, um material ecológico e limpo e o produto mais característico daquela região no Algarve. O sucesso desta ideia deu origem à reutilização de outras matérias-primas como plantas para criação de mais pranchas de surf e até de raquetes de paddle, que atualmente são utilizadas pelos alunos para práticas desportivas.

.