Mais de dez anos depois Governo reconhece RUTIS

A RUTIS foi reconhecida no passado dia 20 de outubro, como entidade enquadradora das academias «universidades seniores» no mesmo dia em que as universidades da terceira idade foram também reconhecidas como resposta social de promoção ao envelhecimento ativo.

A RUTIS que está sediada em Almeirim representa hoje cerca de 300 universidades. O reconhecimento em Conselho de Ministros após mais de dez anos de reuniões, viagens, parcerias e negociações, permitirá haver um enquadramento legal da atividade e abrirá portas a novos caminhos e projetos.

Em declarações ao Público o director da Associação Rede de Universidades da Terceira Idade (RUTIS), Luís Jacob, congratula-se com o reconhecimento da organização como “parceiro fundamental para o desenvolvimento das políticas de envelhecimento activo”. E das universidades sénior como “inquestionáveis quanto ao bem-estar que propiciam”.

Lê-se no comunicado emitido no final do Conselho de Ministros que “os resultados da acção das Academias, as chamadas Universidades Séniores, são inquestionáveis quanto ao bem-estar que propiciam, quer no reforço das perspectivas de inserção e participação social, quer na melhoria das condições e qualidade de vida das pessoas que as frequentam”.

O presidente da Câmara Municipal de Almeirim, Pedro Ribeiro, diz que o facto da Rutis estar sediada em Almeirim é “algo que nos orgulha e nos motiva uma vez que que representa hoje cerca de 300 universidades”. Deixa ainda uma mensagens de parabéns ao Dr. Luís Jacob “pelo trabalho de mais de uma década em prol deste projeto”.

 

Com Público

.