Da esquerda para a direita: Cultura

Só a cultura é libertadora. A ignorância promove todos os totalitarismos. O conhecimento e a cultura não se promovem só nos bancos da escola, mas também na oferta de eventos e espetáculos que abram novas perspetivas e entendimento sobre os outros. A cultura promove a tolerância. Não sendo uma das necessidades básicas do ser humano, ela é essencial para o seu desenvolvimento pleno.
Em Almeirim, o executivo municipal tem feito um esforço enorme na concretização destes objetivos, não só na promoção de atividades culturais, como no reforço e recuperação das necessárias instalações. Vale a pena recordar algumas obras que foram concretizadas neste mandato.
O Museu Municipal foi reativado, ganhando nova dinâmica com diversas atividades ao longo do ano, onde a componente pedagógica – na sua ligação às escolas do concelho – tem sido uma forte aposta. Também a Biblioteca Municipal melhorou substancialmente a sua oferta. A preocupação de trazer os nossos jovens e crianças à biblioteca, teve resultados visíveis e tem sido um enorme êxito. Importante, também, foi a abertura do polo da Biblioteca, no Centro Cultural das Fazendas de Almeirim. A procura de livros por parte da população, especialmente das camadas mais jovens, tem sido muito relevante. A recuperação das Escolas Velhas, onde ficará instalado o futuro Centro de Interpretação Histórica de Almeirim, foi de grande importância na preservação deste edifício emblemático da cidade.
Quanto à oferta cultural que hoje Almeirim disponibiliza, vale a pena recordar e salientar alguns eventos. Em primeiro lugar, esse grande acontecimento anual que é o Festival Guitarra d’Alma, que, apadrinhado por essa figura maior que é Custódio Castelo, se vem afirmando a nível nacional como o maior evento dedicado à guitarra portuguesa.
Também, com enorme êxito, têm-se realizado as Galas de Ópera no Jardim, após a sua reanimação e enquadramento oficial na programação cultural do concelho. As sessões de cinema ao ar livre, com largas centenas de espectadores todas as noites, na Zona Norte, demonstram que foi mais uma aposta ganha nesta área. O Cine-Teatro de Almeirim conhece novos tempos, tempos de portas abertas, com inúmeras atividades para todas as áreas e escalões etários, sendo, hoje, finalmente, a grande sala de espetáculos da cidade. Isto só foi possível com o empenho do executivo na sua reativação e no melhoramento das condições técnicas existentes. É também de referir que este executivo elaborou e pôs em prática o Regulamento de Apoio às Associações Culturais e Recreativas, que veio definir regras claras e justas para os apoios municipais, na maioria dos casos vitais para o funcionamento destas entidades.
Referi só alguns exemplos, mas também no teatro, na literatura, na pintura, no folclore, etc., muito se tem feito e apoiado. Só com muito empenho e dedicação são possíveis estes resultados. Por isso, os autarcas socialistas responsáveis pela área, estão de parabéns.

Gustavo Gaudêncio Costa
Presidente do PS de Almeirim

.