Quinta da Alorna premiada com os TAP Awards

Os produtores Quinta da Alorna, Real Companhia Velha, Esporão ou a Bacalhôa foram chamados ao palco da gala do “TAP Wine Experience”para serem atribuídos os TAP Awards da companhia aérea portuguesa TAP, relevando que os seus vinhos irão ser distribuídos a bordo, participando assim na nova carta de vinhos dos próximos dois anos da companhia.

No âmbito da ação, deram-se três dias de visita pelas regiões vinícolas, sendo que a Quinta da Alorna foi a primeira na região do Tejo a ser visitada.

A “TAP Wine Experience” tem como finalidade a promoção dos melhores vinhos portugueses e com o sentido de diversificar a sua oferta de vinhos, proporcionando uma experiência do que o país tem de melhor para oferecer.

Com vendas de 1,2 milhões de garrafas em 2016, a TAP tem-se tornado uma importante fonte de destaque internacional para os produtos portugueses, tendo relevo como “o maior canal de comunicação e experimentação do vinho português em todo o mundo”.

A Quinta da Alorna, com uma longa e rica história, conta com uma grande ligação ao setor de vinhos, orgulha-se dos seus brancos. A casa “que se orgulha da sua tradição, da sua história e dos seus produtos”, conta com brancos premiados e particularmente do branco Marquesa de Alorna Grande Reserva que foi escolha da imprensa dos prémios Escolhas.

Alguns dos vinhos na produção são o branco, rosé e tinto, com ênfase para o Quinta da Alorna Abafado 5 anos e também para o branco Colheita Tardia.

Pedro Lufinha, diretor-geral da Quinta da Alorna explicita que a sustentabilidade é um importante fator de investimento, particularmente em energias renováveis e que dos 1,8 milhões das garrafas que fazem parte da produção anual, 900.000 garrafas terão como destino a exportação.

Pedro Lufinha, revela que se encontra na fase de preparação de um tinto especial para os 300 anos da casa.

.