Não há soluções, há caminhos: 31 de janeiro

O nosso mundo tem falta de esperança, ou então vive de sebastianismos, de soluções que caiam do céu, de expectativas projectadas. Mas isto nada tem a ver com a esperança!

Esperança não é ficar na sala de espera, é dizer: “Vale a pena arregaçar as mangas”, é a força de sair de si e criar algo que valha a pena, é ter fé em que é possível construir um futuro melhor e mais justo, é comprometer-se!

Vasco P. Magalhães, sj

.