Não há soluções, há caminhos: 16 de março

O bem acompanha o sentido da medida! O velho pescador lá ia tirando com a sua rede e o seu suor o que chegava para a casa e para o negócio.

Mas chegou a empresa benfeitora com o seu barco equipado do mais moderno aspirador. Aspirou a zona pelo fundo e foi uma festa: peixe abundante para todos!

Durou um dia… Nos anos seguintes ninguém pescou: tinham aspirado algas, ovos, tudo…

NÃO HÁ SOLUÇÕES, HÁ CAMINHOS 365 vezes por ano não perguntes porquê, mas para quê.

Vasco P. Magalhães, sj

.