Tempo ajudou a uma Quinzena da Enguia ainda melhor

GASTRONOMIA De 20 de abril a 6 de maio todos os caminhos foram dar a Benfica do Ribatejo e aos restaurantes: O Cambaia, nos Foros de Benfica; O Central do Ribatejo, em Benfica do Ribatejo; O Constantino das Enguias, nos Foros de Benfica e A Vieirinha, também em Benfica do Ribatejo para a realização da Quinzena da Enguia.

“Na terceira edição desta iniciativa de sucesso na nossa freguesia espero que, se a tendência se confirmar, que cada ano se torne melhor. No ano passado foram consumidas cerca de 1300 Kg de enguias e a expectativa é que a procura aumente. Este ano voltam a aderir os mesmos quatro restaurantes”, sublinhou Cândida Lopes. A autarca adianta que “se já eram uma referência na preparação da enguia das mais variadas formas, com a experiência adquirida, com o sucesso dos anos anteriores, têm todas as condições para superar a fasquia que, como é normal quando se obtém sucesso, seja sempre colocada num patamar mais elevado”. Para a Presidente de Junta, “a mediatização que Benfica do Ribatejo tem tido com eventos como a Quinzena da Enguia, o Carnaval, o FIFCA e outros deixa-me, como é evidente, satisfeita. Estas atividades são benéficas para a nossa freguesia e nada mais natural que a Junta de freguesia preste todo o apoio que nos for possível. Resumindo, o sucesso destas iniciativas é também o nosso sucesso, só assim faz sentido”, destaca também.Um dos maiores promotores da gastronomia do concelho, Rui Figueiredo, da Confraria Gastronómica de Almeirim, assume que “as enguias são um prato forte na restauração de Benfica do Ribatejo, com a particularidade de a “imagem” desta quinzena se vir a refletir durante todo ano na restauração local”. O confrade revela também que “muitas das pessoas com quem nos cruzamos “Na terceira edição desta iniciativa de sucesso na nossa freguesia espero que, se a tendência se confirmar, que cada ano se torne melhor. No ano passado foram consumidas cerca de 1300 Kg de enguias e a expectativa é que a procura aumente. Este ano voltam a aderir os mesmos quatro restaurantes”, sublinhou Cândida Lopes. A autarca adianta que “se já eram uma referência na preparação da enguia das mais variadas formas, com a experiência adquirida, com o sucesso dos anos anteriores, têm todas as condições para superar a fasquia que, como é normal quando se obtém sucesso, seja sempre colocada num patamar mais elevado”. Para a Presidente de Junta, “a mediatização que Benfica do Ribatejo tem tido com eventos como a Quinzena da Enguia, o Carnaval, o FIFCA e outros deixa-me, como é evidente, satisfeita. Estas atividades são benéficas para a nossa freguesia e nada mais natural que a Junta de freguesia preste todo o apoio que nos for possível. Resumindo, no seio da gastronomia nacional, conhecem as enguias e alguns já são clientes há muitos anos”. Mas nem tudo são boas notícias e a poluição no Rio Tejo pode ser um problema: “a poluição do Tejo é um facto que nos deve preocupar a todos, não só por esses recursos, mas também pela influência que o mesmo tem na agricultura”. Mas o tempo e a muita chuva deste ano ajuda a minimizar o problema da poluição e dá esperanças de muito peixe.

.