Da esquerda para a direita: Mentiras

Durante vários anos, muito se falou do ex-primeiro ministro José Sócrates, pelos piores motivos possíveis, mas nessa altura e até há poucos dias atrás, grande parte do Partido Socialista ficou calado. Víamos o ex-primeiro ministro “mandar e desmandar” no partido e em Portugal a bel-prazer, sempre com o apoio do partido.

Agora, vêm dizer que estão envergonhados e que só agora é que descobriram as falhas de carácter do Sr. José Sócrates. Só agora? Só em 2018? Ou estará agora este Partido Socialista com medo do eleitorado? Durante este tempo o PS não ouviu falar do caso da licenciatura, ou do caso do Freeport, ou daquela detenção no aeroporto de Lisboa, entre muitas outras. Se nenhum dos ministros e secretários de estado de José Sócrates reparou ou ouviu falar nestes casos, o que estavam a fazer nas suas funções? Não podemos esquecer que o atual governo possui inúmeros elementos que faziam parte do governo de Sócrates e que privavam com ele em permanência. Nunca se aperceberam? Não nos podemos esquecer que em 2011, aquando do governo liderado por José Sócrates, estivemos na bancarrota.

Terá sido apenas culpa da crise ou foi resultado de más decisões do governo. Pelas notícias, constatamos que foram demasiadas as aldrabices realizadas. Como atrás referi, neste momento ainda existem ex-colegas de Sócrates que nos governam e que ainda dirigem o PS. Será que podemos estar todos descansados e pensar que não iremos voltar a estar na bancarrota, a pagar impostos e mais impostos e sacrificar os nossos filhos? Temos crescimento à boleia da Europa, mas estamos na cauda, com um crescimento muito reduzido. Como será quando a Europa deixar de crescer? Sim, ainda devemos estar preocupados.

Vanessa Duarte – Inovar Almeirim

.