Da esquerda para a direita: Parques

Foi inaugurado no dia 1 de maio, o Campo do Sporting, em Fazendas de Almeirim. Esta obra era há muito esperada pela vila, que necessitava de um espaço “verde” com capacidade de albergar várias atividades distintas e em simultâneo, juntando verdadeiramente pessoas de todas as idades em perfeita harmonia (para além de, aparentemente, não se assemelhar com nenhum esconderijo).

Outros espaços de lazer do concelho de Almeirim não tiveram a mesma sorte. Uns, foram preteridos com a chegada de novas grandes obras, outros foram simplesmente deixados à mercê dos elementos, sem qualquer tipo de manutenção.

Um exemplo do primeiro caso é o parque infantil junto à capela de Fazendas de Almeirim, que foi desmantelado com a chegada do Centro Cultural (cuja despesa, associada a esse espaço, continua a aumentar), no segundo caso, refiro-me ao parque infantil do largo Dr. Moita, na localidade dos Cortiçóis, freguesia de Benfica do Ribatejo.

Este parque de que vos falo, encontra-se ao abandono do ponto de vista da manutenção e segurança, apresentando um risco para as crianças e pais que o utilizam. Para além dos equipamentos em estado avançado de deterioração e do pavimento parcialmente em falta, existem vários vidros partidos espalhados pelo recinto. Este é um espaço de bastante utilidade para a população e cuja situação já foi denunciada várias vezes, não tendo até agora sido sujeito a qualquer intervenção.

Mais do que inaugurar é preciso manter, preservar e remodelar assim que necessário, mesmo que isso implique uma menor visibilidade mediática.

João Rosa – CDS Almeirim

.