Criadas três novas empresas em junho no concelho de Almeirim

O concelho de Almeirim criou três novas empresas no passado mês de junho, o que traduz uma redução para metade comparando com o mês de maio onde foram criadas seis novas sociedades empresariais.

Estes números são elaborados segundo a análise mensal promovida NERSANT – Associação Empresarial da Região de Santarém que conclui que foram criadas 79 sociedades no mês passado, com os concelhos de Ourém e Santarém a estarem em destaque.

Ourém e Santarém, cada concelho com 13 sociedades criadas no mês de junho, são os territórios que mais empresas criaram no período analisado, estando, por isso, empatados no primeiro lugar do pódio. Em segundo lugar está o concelho de Benavente, com oito sociedades criadas e em terceiro, o concelho de Tomar, com sete sociedades criadas.
Cartaxo é o concelho que se segue na tabela, com a criação de seis sociedades, seguido de Abrantes, Rio Maior e Torres Novas, que apresentaram em junho a criação de cinco sociedades em cada um dos concelhos.

Almeirim, Salvaterra de Magos, Coruche e Entroncamento criaram 3 empresas cada, sendo que Vila Nova da Barquinha criou, em junho, duas empresas. Com uma empresa criada em cada concelho, surgem no final da tabela os concelhos de Ferreira do Zêzere, Alcanena e Golegã. Os concelhos de Alpiarça, Chamusca, Constância, Mação e Sardoal não apresentaram, em junho, criação de empresas.

Relativamente aos setores de atividade, destaque para o comércio por grosso (9), comércio a retalho em outros estabelecimentos não especializados (6), construção de edifícios (5) e restaurantes tipo tradicional (5).