Da esquerda para a direita: Cr€matório?

A construção de um crematório em Almeirim tem sido motivo para o surgimento de vários artigos na imprensa local, o que se compreende pela importância do assunto, pois a morte é um momento que faz parte da vida, e os rituais que empreendemos para a “última despedida” são de extrema importância.

Este assunto tem sido discutido na Câmara e Assembleia Municipais, assim como na Assembleia de Freguesia de Almeirim, onde os eleitos locais da CDU têm manifestando preocupações e feito vários pedidos de esclarecimento, visto que a informação disponibilizada relativa ao projeto, tem sido avulsa e escassa. Face à apresentação de um protocolo entre a Câmara Municipal e a J. F. de Almeirim, para a gestão do futuro equipamento, perguntámos pela existência de um estudo económico, que permitisse ter uma ideia dos valores a investir, do tempo necessário para o retorno do investimento, da “renda” a pagar à Câmara, ou ainda dos preços a praticar nos vários atos. Não há nenhum estudo económico!

Não colocamos em causa a necessidade de um crematório. Porém, face ao valor do investimento (na ordem dos 500.000€ ???), aos custos de funcionamento e manutenção associados, à intenção já manifestada por outros municípios vizinhos em construir equipamentos semelhantes, entendemos que faria todo o sentido que este projecto tivesse um carácter intermunicipal. As economias de escala são evidentes e as populações agradeceriam. Os municípios não são particularmente ricos para que se possam dar ao “luxo” de cada um querer o seu crematório que no final são financiados por cada um de nós! A utilização de dinheiros públicos exige rigor e responsabilidade!

 

Sónia Colaço – CDU Almeirim

.