Não há soluções, há caminhos: 29 setembro

Ter piedade e ser piedoso. Esta palavra para alguns é quase um insulto – é ser beato, é beatice. Alguns ainda aceitam o sentido de ter pena, de ter piedade do pobrezinho… Mas a piedade adulta é possuir e viver o sentido religioso das coisas, do mundo e de Deus; é dar-se conta das ligações ao essencial, é sentir e estar próximo do essencial. A piedade verdadeira tem o gosto da oração.

Vasco P. Magalhães, sj

.