Não há soluções, há caminhos: 3 abril

Falamos de mudança, mas muitas vezes é falso, porque a pessoa não mudou nada por dentro. Mudou de parceiro ou mudou de caminho, mas não mudou interiormente, não mudou na atitude. A verdadeira mudança ou o começar de novo são sobretudo mudar de atitude interior, se não é repetir com outras circunstâncias, outras pessoas. Mudar, começar de novo não é fazer outra vez, é fazer com novidade, de novo! É triste ver as pessoas a repetir o erro e a dizer que agora é que é. Por exemplo, com os casamentos sucessivos, faz-se um divórcio, muda-se para outra, mas a pessoa vai igualzinha, com os mesmos defeitos, com as mesmas atitudes, só que ao princípio existe aquela outra coisa (que não é novidade de atitude) ainda não rotinizada e a pessoa até se ilude. Mas, realmente, não fez uma verdadeira opção, fugiu de alguma coisa.
Vasco P. Magalhães, sj
ONDE HÁ CRISE, HÁ ESPERANÇA

.