Não há soluções, há caminhos: 23 de abril

Era uma vez um homem chamado Zaqueu. Ele queria encontrar-se com a liberdade, mas não conseguiu, pela sua pequena estatura e por causa da multidão. Por dentro tinha muitos apegos e amarras e por fora era fortemente influenciado pela pressão social, pela opinião dos outros, pelas múltiplas ofertas de felicidade que o deixavam perplexo. Um dia subiu a uma árvore e viu passar a liberdade. Esta disse-lhe: “Vou a tua casa.” Ele respirou fundo e respondeu: “Vou dividir os meus bens com quem não tem e restituir tudo a quem prejudiquei.” Mas há quem pense que ser livre vem de ser rico e de não dar satisfações a ninguém.
Vasco P. Magalhães, sj
ONDE HÁ CRISE, HÁ ESPERANÇA
Um pensamento para cada dia: ver em tudo o que acontece uma oportunidade de crescimento.

.