Não há soluções, há caminhos: 9 dezembro

Nós estamos ligados indefectivelmente aos outros e a Deus, mesmo quando não cremos. E sentir-me desligado quando se percebe que no fundo fui feito para ser ligado, que só sou eu pelas ligações que tenho, o que é a definição de ser pessoa, então, ligado no fundo, desligado por fora, é isso a saudade radical. Porque a saudade é sentirmo-nos muito ligados a alguém, mas quando desligados, em ruptura, isso faz ainda dar mais força à ligação, à presença interior. E isso é também uma revelação de quem somos, seres fundamentalmente ligados.
Vasco P. Magalhães, sj
ONDE HÁ CRISE, HÁ ESPERANÇA
Um pensamento para cada dia: ver em tudo o que acontece uma oportunidade de crescimento.

.