Tribunal dá luz verde ao plano de recuperação da Conforlimpa

O Tribunal do Comércio de Lisboa homologou hoje o plano de recuperação da Conforlimpa, que já tinha sido aprovado por cerca de 96% dos credores, permitindo, assim, implementar as medidas de viabilização nele contidas.

A Conforlimpa, neste momento judicialmente viabilizada, tem a sua administração agora composta pelos próprios trabalhadores.

O principal objetivo é e continuará a ser manter o maior número de postos de trabalho e desenvolver todos os esforços para que esta empresa 100% portuguesa continue a ser líder de mercado no sector das limpezas industriais, gerando valor para a economia nacional e criando mais postos de trabalho.

“A Conforlimpa, tal como tem sido noticiada recentemente na comunicação social, não reflete a atual realidade da empresa. O Sr. Armando Cardoso, ex- Conforlimpa, não tem neste momento qualquer vínculo legal com a empresa, pelo que não deve, em nome do rigor e dos factos, ser identificado como líder da empresa. A Conforlimpa e os trabalhadores que agora a lideram demarcam-se por completo do anterior modelo de gestão”, conclui o comunicado.

.