GNR vai realizar operação junto de agricultores

A Guarda Nacional Republicana realiza, entre os dias 17 e 22 de março, ações de sensibilização e informação junto das comunidades rurais, em particular junto dos agricultores, com o objetivo de alertar para a necessidade de adotarem medidas de segurança preventivas e de proteção contra furtos de metais não preciosos (cobre e Durante a operação serão empenhados 81 militares do Comando Territorial de Santarém, que levarão a cabo cerca de 64 ações, em contato direto com o público alvo destas ações e ainda 12 ações de sala.

No ano de 2013 no distrito de Santarém foram registados 1361 crimes de furto de metais não preciosos menos 178 que no ano de 2012, atendendo a que o projeto “Campo Seguro” no distrito de Santarém teve início no segundo semestre de 2012.

O furto de metais não preciosos tem gerado elevados prejuízos económicos para empresas e para a comunidade em geral, devido à privação de diversos serviços, em consequência do corte de abastecimento de energia, água, serviços telefónicos e transportes ferroviários por furto de cabos de cobre, sendo as comunidades rurais as mais afetadas e vulneráveis a este tipo de crime devido ao seu isolamento geográfico, acumulando ainda elevados prejuízos pelos materiais que lhes são subtraídos, razão pela qual a GNR, além das ações de patrulhamento realiza ações de sensibilização/informação de modo a prevenir este tipo de criminalidade.

.