De Almeirim a Lisboa … sem carro

O tema das viagens de bicicleta tem ganho,nos últimos tempos, um aumento de interesse e atenção. Para além do crescente número de utilizadores, a alargada informação transmitida pelos meios de comunicação social e as medidas tomadas ao nível de políticas públicas nacionais, este assunto mexe muito com
os problemas da sociedade contemporânea,como as questões ambientais e energéticas,e as preocupações com a saúde e o bem-estar.

Ricardo Alexandre, um técnico de manutenção de 34 anos, utiliza a bicicleta como principal meio de transporte há já quatro anos.
Este seu amor pelas duas rodas começou da simples “junção de uma paixão pelas bicicletas, com a vontade de poupar”.
Todos os dias, este almeirinense pedala cerca de 13 minutos até Santarém, onde apanha o comboio para Lisboa. Chegado à estação do Oriente, depois de 50 minutos de viagem, é de lá que continua a corrida por mais 10 minutos até à empresa onde trabalha. Por vezes, chega até a fazer o percurso Almeirim–Lisboa–
Almeirim de bicicleta, cerca de 20 quilómetros diários, que podem variar consoante o estado do tempo, podendo ir desde os 50 aos 90 quilómetros.

.