Empresários chineses tentam estabelecer parcerias com adegas de Almeirim

São 17 os empresários chineses ligados à importação e comércio de vinhos que estarão de visita à região vitivinícola do Tejo, de 18 a 21 de setembro, naquela que é a maior missão empresarial chinesa de sempre à procura dos vinhos desta região.

O objetivo dos Vinhos do Tejo com esta iniciativa é estabelecer novas parcerias comerciais entre o mercado chinês e a região, a única portuguesa que será visitada pela comitiva empresarial.

“A China foi, em 2013, o 3º maior mercado da nossa região, com uma exportação superior a 500 mil litros, pelo que em 2014 continuamos a investir em promoção neste mercado, a quem dirigimos 16% do nosso investimento total nessa rubrica”, explica João Silvestre, diretor geral da Comissão Vitivinícola Regional do Tejo (CVR Tejo).

Ao todo serão 15 os produtores de Vinhos do Tejo que serão visitados pelos empresários chineses, num programa de visita à região vitivinícola que inclui visita às quintas, adegas, vinhas, reuniões comerciais e, ainda, aos ex-libris da história da região como Santarém.

Os produtores envolvidos nesta iniciativa são: Adega Cooperativa do Cartaxo, Casa Cadaval, Casal Branco, Casal do Conde, Companhia das Lezírias, Encosta do Sobral, Enoport United Wines, Falua, Fiuza & Bright, Quinta da Alorna, Quinta da Lapa, Quinta da Lagoalva, Quinta da Ribeirinha, Quinta de Vale de Fornos e Quinta Vale do Armo.

.