Restaurante O Pinheiro: Referência em Almeirim

O Almeirinense esteve à conversa com Joaquim Pinheiro, proprietário do Restaurante O Pinheiro. Sobejamente conhecido em Almeirim, mas é um nome conhecido nos quatro cantos de Portugal e até no mundo. Desde a deliciosa Sopa da Pedra à famosa Cabeça de Cherne terminando numa Pêra Bêbeda, este local é um delicioso ponto de referência da gastronomia em Almeirim.

Quando e porquê abriu o restaurante?
Abri este restaurante há 22 anos… Sempre trabalhei no ramo da restauração e este era um sonho que consegui transformar em realidade, abrir o meu próprio restaurante! Com muito trabalho e esforço lá fomos andando devagarinho até ao dia de hoje…

Tem a noção de quantas refeições servem num fim de semana bom?
É difícil dizer com precisão… talvez umas 700 refeições… é muita gente a entrar e a
sair, mas ronda esses números. É muito cansativo, tanto para mim como para o pessoal,
mas muito gratificante saber que as pessoas gostam do nosso serviço e principalmente da
nossa comida, voltando sempre a esta casa e aconselhando a quem não conhece.

Já fez várias obras, tudo para aumentar acapacidade… a nova sala é exemplo disso?
Sim… sem dúvida, a capacidade que tínhamos, já não estava a conseguir satisfazer as necessidades para atender atempadamente os clientes, foi uma boa aposta e uma forma de colmatar esta necessidade. O nosso objetivo é que o cliente seja bem atendido e servido, mas também queremos que não esteja muito tempo à espera. Neste momento temos à volta de 280 lugares, e muitas vezes temos uma longa lista de espera. Tentamos sempre fazer o melhor que podemos.

Qual os pratos que saem mais?
É indiferente, quer seja carne, quer seja peixe saem doses mais ou menos iguais na quantidade… As pessoas gostam tanto do peixe como de carne. Mas o nosso peixe tem muita saída. Antigamente, quando se pensava em comer em Almeirim a ideia preconcebida era a sopa da pedra, logo, pratos que incluíssem carne. Optei, no início, por começar a introduzir o peixe fresco na ementa e teve sempre, até hoje, uma excelente aceitação. Penso até, que por ter introduzido peixe na minha ementa, foi um ponto decisivo para ter a casa que hoje tenho. A cabeça de cherne, por exemplo, posso considerar que seja um
ex-libris do restaurante, as pessoas adoram e tem muita saída…

O que acha a que se deve o seu sucesso?
A qualidade e a frescura dos nossos produtos são a minha maior mais-valia. É meio caminha andado para ser aceite. Salas totalmente remodeladas e com uma cozinha rigorosa e incomparável. Entre as muitas especialidades da casa, destacamos a tradicional Sopa da Pedra e de Peixe, Cabeça de Peixe grelhada, as carnes selecionadas e o peixe fresco todos os dias! Depois vem a qualidade do serviço… ter um atendimento rápido e eficaz e a simpatia, é uma grande fatia do bolo. Considero que também temos boas doses, ou seja, para quem vem a primeira vez ao Pinheiro costuma “cometer o erro” de pedir uma dose por pessoa o que é demasiado.

Normalmente, uma dose é suficiente para 2 pessoas e por vezes para 3… Mas os nossos
colaboradores, aconselham as doses ideais para cada situação.

A gerência do restaurante “O Pinheiro” e seus colaboradores, desejam um Santo Natal e Próspero ano de 2015 a todos os clientes, amigos familiares e leitores de O Almeirinense.

Horários e contactos:
Abertura das 11.45h às 15h e das 18.30 às 22h
Largo da Praça de Touros, 41 – Almeirim
Telefone: 243 592 052
www.facebook.com/pages/Restaurante-O–Pinheiro/125080587561562
Encerramento: 5ª feira

.