Gumelo marca presença no Festival do Cogumelo

A Gumelo, empresa portuguesa que dinamizou a produção de cogumelos a partir de borras de café, vai estar presente no Silarca Festival do Cogumelo, que decorre entre os dias 6 e 8 de março, na aldeia de Cabeça Gorda, localizada no concelho de Beja.

Durante os três dias do certame e pelo segundo ano consecutivo, a Gumelo vai mostrar aos mais de 5 mil visitantes alguns dos seus produtos âncora como o Eco Gumelo, o Eco Gumelo Citrus e o Meu Primeiro Gumelo.

Para Tiago Marques, um dos fundadores da empresa, “a participação da Gumelo na Silarca faz todo o sentido, uma vez que, tratando-se de um dos eventos especializados sobre cogumelos que se realizam em Portugal, reforça a aposta da empresa na dinamização e inovação do setor, numa lógica de aproveitamento de desperdícios (borras de café) e promoção dos recursos micológicos da região.”

Fundada em Almeirim, em 2012, por João Cavaleiro, Tiago Marques e Rui Apolinário, a Gumelo já recolheu, até à data, 30 toneladas de borra de café, oriundas de cerca de 2,5 milhões de cafés expresso, que resultaram numa produção de 12.500 quilos de cogumelos.

Em Portugal, os produtos da Gumelo encontram-se à venda em lojas gourmet, lojas de presentes e concept stores.

Em 2013, a Gumelo foi considerada um dos sete negócios mais criativos do ano e, em outubro de 2014, recebeu o prémio “SIAL Innovation 2014” para a categoria frutas e produtos hortícolas, tendo sido uma das 15 empresas galardoadas com esta distinção, entre mais de 1.700 produtos apresentados na competição. No final do ano passado, a Gumelo deu início à sua internacionalização, exportando os seus produtos para lojas gourmet e de produtos biológicos do Reino Unido.

.