Nuno Carrapato responde a Mário Nelson

Nuno Carrapato reage ás declarações de Mário Nelson, que o acusou de ter sofrido oito frangos. 

O guarda-redes diz que tem "uma carreira imaculada devido ao meu trabalho, dedicação e profissionalismo. Joguei em todas as divisões nacionais, sempre com o mesmo empenho. Tenho 30 anos de futebol, 20 dos quais como profissional. Aos 38 anos, orgulho-me de por opção, ainda poder fazer aquilo que mais gosto, contrariamente a outros que deixaram de ter espaço para o fazer".

Carrapato recorda o seu percurso para sustentar que tem "orgulho de ter sido treinado por homens como Jose Peseiro, José Mourinho, Bobby Robson, Prof. Jorge Castelo, Nelo Vingada, João Carlos Pereira, José Rachão, Antonio Medeiros e Casimiro Mior entre outros, com os quais muito aprendi. Umas das muitas qualidades de todos eles, era a forma como sabiam conduzir homens, por forma a tornar os grupos mais fortes e vencedores".

Numa resposta direta ás críticas de Mário Nelson, Carrapato diz que as qualidades de grandes nomes do futebol português com quem trabalhou "é algo que não está ao alcance de qualquer réplica mal concebida. Tenho consciência do valor da minha carreira profissional. Pisei palcos que esse senhor apenas conhece de nome, da televisão, ou com os quais apenas se atreveu a sonhar. Representei a nossa selecao. Estive pre-convocado para o Campeonato da Europa 2004, onde apenas não estive devido à lesao mais grave da minha carreira. Fui treinado pelos melhores e por isso, aprendi a dar importância apenas a quem a merece. Quando esse senhor atingir o nível que eu atingi, talvez mereça resposta e talvez tenha legitimidade para abrir a boca e falar de um grupo que abandonou por alegada opção. Que seja feliz e que consiga evoluir enquanto treinador, é o que mais lhe desejo".

 

.