Pedro Ribeiro faz presidência aberta com alunas do 6.º ano

A Beatriz e a Margarida, alunas do 6ª ano do concelho de Almeirim, estão hoje todo o dia comPresidente da Câmara Municipal de Almeirim, Presidente da Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo, Presidente da Assembleia Geral da Águas do Ribatejo , Pedro Miguel Ribeiro.

As estudantes de 11 anos começaram as férias da escolha a cumprir uma longa agenda que só termina pela noite na Feira da Agricultura num jantar oficial após a assinatura de um protocolo.

A jornada começou bem cedo no gabinete do Presidente no Município de Almeirim onde assistiram aos despachos e à preparação da agenda da presidência. Depois seguiram-se reunião na zona industrial, visita ás obras do circuito de manutenção e festas.

A meio da manhã uma reunião na sede da Águas do Ribatejo com empreiteiros responsáveis por uma obra. A alunas conheceram as funções do autarca na empresa e visitaram todos os departamentos com realce para o laboratório onde realizaram várias experiências para testar a qualidade da água.

Ao longo da visita, Margarida e Beatriz tomam apontamentos num caderno igual ao do presidente. Nenhum pormenor escapa. “Temos de fazer uma ata do dia todo”, explicam a uma só voz, Margarida acrescenta: “se não escrevermos logo não nos lembramos de tudo”.

Sobre este dia único nas suas vidas, as jovens não escondem a adrenalina. “Está a ser muito interessante porque nós gostamos de aprender como é a vida de um Presidente”, explica Joana nada incomodada com as regras do protocolo e com a exigência da agenda. “O Presidente explica como devemos fazer e nós fazemos”.

Beatriz ainda não decidiu o seu futuro, mas confessa que gostaria de estar ligada à vida pública porque gosta de ajudar os outros. “Os presidentes podem ajudar as pessoas e eu gosto desta parte.”, revela com o sorriso de quem está a viver intensamente a experiência.

Perto das 12h30, o Presidente alerta que é o momento de irem para o almoço. Pedro Ribeiro toma o volante, porque Presidente não tem motorista, e as “assessoras” vão no banco de trás como os assessores dos ministros. A viagem serve para trocar impressões e preparar os próximos compromissos e falar ainda com o Jornal O Almeirinense.

Ambas mostram-se surpreendidas com “correria e com o número elevado de tarefas a cumprir”, mas confessavam “estar a gostar muito da experiência”.

E deixamos Presidente e “assessoras” escolherem o local para o almoço.

.