Empresa de referência na Construção Civil

André Neves Dias, gerente de uma empresa ligada à construção civil, já fez de tudo um pouco na vida. A energia que tem nos braços nada tem a ver com a idade do cartão de cidadão, pois o Almeirinense assistiu a um carregamento de areia feito por ele para cima de uma camionete, com mais vigor que muitos jovens de 20 anos. Não se vê sem fazer nada e diz-nos com um sorriso: “vou trabalhar até morrer”.

Quando é que esta empresa iniciou os serviços e o porquê desta área de negócio?
Já nasci dentro deste meio…(risos). Este ramo já foi herdado pelo meu pai, mas comecei a trabalhar com 10 anos, para o pai, numa serração. Passado uns anos casei e fui pedir trabalho nas obras da Compal, e passando por carpinteiro, pois sabia alguma coisa, lá fiquei por 55 escudos diários, fazendo horas extra para conseguir igual os que tinham o ofício, que ganhavam 60 escudos. Passados uns anos o meu pai entregou-nos o negócio e trabalhámos juntos desde o princípio da década de 60 até 1980 e nessa altura a nossa empresa contava já com 17 funcionários. Aí pensei que não andava a trabalhar para sustentar uma máquina tão grande, sem juntar algum para mim, então a minha vontade divergiu com o meu irmão e decidi vender-lhe a quota e iniciei o negócio por conta própria. Primeiro tive o sonho de ter uma agência de viagens, comprar um autocarro e fazer viagens de aluguer, ir a muitos sítios, mas a vida não foi fácil e como não tive logo o retorno da quota vendida, tive de comprar uma camioneta velha e voltar à vida dos materiais de construção. Por volta de 1984 comprei um terreno e comecei a construir a empresa que hoje tenho, na zona industrial. E aos poucos fui comprando material, máquinas, fui divulgando os meus serviços, até que consegui comprar o outro terreno, na zona industrial, pois este já se tornava pequeno, enfim foi basicamente assim que se resume aquilo porque já passei…

Quais os serviços que disponibiliza?
A minha empresa faz tudo! Vendo tudo o que seja comércio por grosso e a retalho de materiais para a construção civil; alugo todo tipo de máquinas (camiões, empilhadores telescópicas, etc) e equipamentos de construção, ampliação e transformação. Fazemos reparação e demolição de edifícios, aterros, desaterros. Disponibilizamos tudo o que seja necessário para a construção civil e que não seja para acabamentos. Agora a nossa procura não é tanto como foi outrora pois o sector da construção deu uma grande queda…infelizmente.

E a família?
Tenho uma filha, que é professora de físico-química e dela tenho um casal de netos e o meu filho trabalha comigo desde que saiu da tropa, que tem uma filha a estudar um mestrado em Portalegre e está na área de medicina dentária. O meu filho Carlos é quem vai assegurar a continuidade da empresa, pois há mais de 20 anos que trabalha comigo e melhor que ninguém sabe desta profissão. Se não fosse por ele, já não estava aqui a trabalhar, mas continuamos a resistir aos maus bocados e também não me vejo a fazer outra coisa, senão a trabalhar.

O que costuma fazer nos tempos livres?
Gosto muito de jogar snooker, com amigos, mas a maior parte dos meus tempos livres são passados na horta, onde cultivo todo tipo de legumes e fruta, para abastecer a despensa e também repartir pelos outros. A horta apesar de ser um trabalho exaustivo, é feito com muito gosto, é um escape que tenho desde há muitos anos. Sou benfiquista e o desporto também é uma área do meu interesse e que gosto muito de falar.

Horários e contactos:
8.30h às 12.30h e das 14h às 18h.
Zona Industrial de Almeirim, Lote 24
Telf: 243 591 190 Tlm: 964 647 824/5

.