Funcionária da Câmara absolvida de peculato

Uma funcionária da Câmara Municipal de Almeirim foi absolvida, esta quarta-feira, das acusações peculato de que era alvo.

A funcionária já tinha sido absolvida em 2014 num processo cível movido pela autarquia por suspeitas de desviar dinheiro de pagamentos feitos por utentes nas piscinas municipais.

A funcionária que tinha saído da Câmara no polémico processo da ALDESC, entretanto regressou a trabalhar na autarquia e voltou ao tribunal para responder num processo-crime em que era acusada de peculato na forma continuada.

(em atualização)

.