Novas ações de formação para desempregados a partir de setembro

Às 11 ações de formação dinamizadas pela NERSANT no âmbito da Medida Vida Ativa, juntam-se agora mais seis cursos para desempregados, que vão decorrer em toda a região a partir de setembro. O aditamento ao protocolo entre a NERSANT e o IEFP foi assinado hoje.

A NERSANT – Associação Empresarial da Região de Santarém, assinou hoje com o IEFP – Instituto do Emprego e Formação Profissional, um aditamento ao protocolo em vigor referente à dinamização da Medida Vida Ativa e que já possibilitou à associação, a dinamização de 11 ações de formação para desempregados.

No âmbito do alargamento da Medida Vida Ativa, vão assim nascer pela mão da NERSANT, a partir do próximo mês de setembro, mais seis ações de formação: “Técnico/a Auxiliar de Saúde” e “Técnico/a de Comércio Internacional”, em Santarém, “Técnico/a Comercial”, em Torres Novas, “Técnico/a Auxiliar de Saúde”, em Tomar, “Técnico/a de Comércio Internacional”, em Alferrarede e “Agente em Geriatria”, em Ourém.

João Artur Rosa, da direção da NERSANT, assinou o aditamento do protocolo em representação da associação empresarial, tendo afirmando que “a realização destas ações permitirá aos participantes a aquisição ou reforço das competências dos formandos, contribuindo de forma ativa para uma mais rápida e efetiva integração socioprofissional dos mesmos”. A medida potencia, continuou João Artur Rosa, “o regresso ao mercado de trabalho por parte dos desempregados, através de uma rápida integração em ações de formação de curta duração, que permitam a aquisição de competências relevantes, ou a valorização das competências já detidas”, esclareceu o responsável da associação.

O alargamento da Medida Vida Ativa vai permitir acrescentar seis ações de formação às 11 já realizadas no distrito pela associação empresarial, num total de cerca de 425 formandos / desempregados envolvidos e 5100 horas de formação realizadas. O protocolo em vigor com o IEFP é o segundo assinado pela NERSANT para a dinamização da Medida Vida Ativa. Em números totais, e tendo em conta o primeiro protocolo assinado com o IEFP no âmbito desta medida, a associação já dinamizou 35 ações de formação e envolveu cerca de 800 formandos / desempregados.

“É objetivo da NERSANT proporcionar aos formandos o contato com as empresas da região, proporcionando, para além das situações simuláveis em sala de aula, formação prática em contexto de trabalho com o objetivo de permitir a consolidação das competências adquiridas e o fomento do networking, promovendo as condições de empregabilidade”, finalizou João Artur Rosa.

As ações de formação, dinamizadas no âmbito da Medida Vida Ativa do IEFP, têm como público-alvo desempregados inscritos nos serviços de emprego (subsidiados ou não subsidiados). Os formandos admitidos aos cursos de formação poderão ter direito a uma bolsa de formação (apoio não atribuído a desempregados beneficiários de subsídio de desemprego, subsídio social de desemprego e rendimento social de inserção), e encargos com alimentação e com transportes. No final da formação, existem algumas vagas para a dinamização de estágios.

.