NERSANT explica cheque-formação

A NERSANT – Associação Empresarial da Região de Santarém, está a percorrer todo o distrito com o objetivo de esclarecer as empresas do Ribatejo relativamente ao cheque formação, novo incentivo do Governo para financiar as horas de formação obrigatórias que cada empresa tem de prestar aos seus colaboradores.

O cheque-formação é um financiamento direto que visa reforçar a qualificação e a empregabilidade através da concessão de um apoio às empresas, aos trabalhadores e aos desempregados que frequentem ações de formação ajustadas às necessidades das empresas e do mercado de trabalho.

O apoio, a atribuir pelo Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP), considera o limite de 50 horas no período de dois anos e um valor hora de quatro euros, num montante máximo de 175 euros, sendo o financiamento máximo de 90% do valor total da ação de formação, comprovadamente pago.

Os desempregados que frequentem a formação, com uma duração máxima de 150 horas em dois anos, têm direito a um apoio financeiro correspondente ao valor total da ação de formação até ao montante máximo de 500 euros.

O cheque-formação é atribuído a ativos empregados, independentemente do nível de qualificação, cujas candidaturas são apresentadas pelo próprio ou pela entidade empregadora. Também podem aceder os desempregados detentores de nível 3 a 6 de qualificação (do ensino secundário à licenciatura) inscritos há, pelo menos, 90 dias consecutivos.

Por forma a fazer chegar este incentivo ao maior número de beneficiários possível, a NERSANT encontra-se a reunir com as empresas por forma a esclarecê-las sobre esta medida. As interessadas em obter mais informações ou em agendar uma reunião com a NERSANT, podem contactar o Departamento de Formação e Qualificação da associação através dos contactos dfq@nersant.pt ou 249 839 500.

.