Referência no meio fadista homenageada em Almeirim

Joel Pina, de 95 anos, que acompanhou Amália Rodrigues desde a década de 1960 e fez parte do Grupo de Guitarras de Raul Nery, é homenageado na quinta-feira, em Almeirim.

A homenagem ao viola-baixo, que se profissionalizou em 1949, quando o músico e compositor Martinho d’Assunção o convidou a fazer parte do Quarteto Típico de Guitarras, insere-se no âmbito do Festival Guitarra d’Alma, que se iniciou no passasdo dia 21, organizado pelo guitarrista e compositor Custódio Castelo.

Na década de 1950, fez parte do núcleo fundador do Conjunto de Guitarras de Raul Nery, que “acompanhou os melhores artistas, de Amália a Tony de Matos, Maria Teresa de Noronha, Tristão da Silva, Fernando Farinha, Fernando Maurício, Max, entre muitos outros, e que foi uma referência no meio fadista e na música portuguesa”, disse à Lusa o estudioso de fado Luís de Castro.

Ao longo da carreira acompanhou os mais diversos artistas, como Ercília Costa, Berta Cardoso, Beatriz Ferreira, Manuel de Almeida, Manuel Fernandes, Fernanda Maria, Maria da Fé, Frei Hermano da Câmara, Ada de Castro, João Ferreira-Rosa, Beatriz da Conceição, Teresa Tarouca, António Rocha, Maria Amélia Proença, José Coelho, Celeste Rodrigues, Maria Armanda, Lenita Gentil, Carlos do Carmo, João Braga, entre muitos outros.

.