Noticia O Almeirinense: Alterada medida de coação no caso do tráfico de pessoas

Um dos homens que estava em casa com pulseira electrónica no caso do alegado tráfico de pessoas viu, esta quinta-feira dia 7 janeiro, alterada a medida de coação: O homem de Almeirim com 53 anos terá agora apenas apresentações períodicas nas autoridades policiais, apurou em primeira mão o Jornal O Almeirinense.

O homem ganhou um recurso que pedia alteração das medidas aplicadas em agosto. O nosso jornal sabe ainda que os outros detidos já apresentaram recursos, em alguns caso foram rejeitados outros estão ainda em análise.

Recorde-se que no dia 28 de julho, a Polícia Judiciária, através da Unidade Nacional Contra Terrorismo (UNCT), em inquérito titulado pelo DCIAP, deteve seis homens e duas mulheres, com idades compreendidas entre os 33 e os 53 anos, presumíveis autores crimes de associação criminosa, tráfico de pessoas, falsificação de documento, ameaça e ofensa à integridade física.

Das oito pessoas, sete delas são de Almeirim e residem na cidade, a oitava pessoa é de Santarém. Das oito pessoas, quatro ficaram em prisão domiciliária.

.