Apoio à criação de 100 empresas na região da Lezíria do Tejo

Foi apresentado esta semana em Rio Maior, o Incubar+Leziria, projeto de fomento ao empreendedorismo que vai permitir apoiar a criação de 100 empresas na região da Lezíria do Tejo nos próximos dois anos.

Liderado pela NERSANT – Associação Empresarial da Região de Santarém, o projeto tem como parceiros o Agrocluster Ribatejo, o Centro de Negócios e Inovação de Rio Maior, a Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo e o Instituto Politécnico de Santarém.

A dinamização da Rede de entidades que constituem o Ecossistema Empreendedor da Lezíria do Tejo e, através desta Rede, desenvolver um trabalho integrado de apoio à geração de ideias inovadoras, à capacitação e qualificação dos empreendedores e dos seus projetos, e à criação de novas empresas é o objetivo do Incubar+Leziria, projeto apresentado ontem pela NERSANT, no Centro de Negócios e Inovação de Rio Maior. No total, são 500 mil euros de financiamento que vão ser aplicados na dinamização do projeto, prevendo-se a realização de diversas ações como a formação e a criação de uma plataforma virtual para teste da ideia e de um simulador do negócio, estando ainda previstas ações de “potenciação das iniciativas empresariais”. O objetivo é, em dois anos, trabalhar 200 ideias de negócios e permitir a criação de 100 novas empresas nos vários setores de atividade, doze delas tecnológicas. O projeto prevê ainda a atribuição de 12 bolsas para os três melhores projetos que concorram nas áreas da agroindústria e alimentação, saúde e bem-estar, cultura/criatividade e ambiente.

Na sessão de apresentação do Incubar+Leziria, António Campos, Presidente da Comissão Executiva da NERSANT referiu-se à cooperação entre a NERSANT e as diversas entidades parceiras do projeto como “um triangulo virtuoso”, uma vez que é este trabalho em rede, juntando a parte empresarial ao conhecimento académico e às infraestruturas de apoio dos municípios que está na base do sucesso do projeto. “Mais do que criar empresas, o objetivo do Incubar+Leziria é que as empresas cresçam e estou certo de que com este conjunto de parceiros, esse crescimento vai acontecer. Estamos certos de que este projeto vai ser um sucesso”, garantiu António Campos às dezenas de pessoas presentes na sessão de apresentação pública do Incubar+Leziria.

Na sessão pública de apresentação do projeto estiveram ainda presentes os representantes das entidades parceiras do mesmo. A Presidente da Câmara Municipal de Rio Maior, Isaura Morais, presidiu à mesa e justificou a pronta parceria a este projeto da NERSANT com o novo papel que os municípios têm hoje em dia na criação de condições que permitam o emprego nos seus territórios. Estiveram ainda presentes Diva Cobra, presidente do Conselho de Administração da Desmor, António Torres, Secretário Executivo da Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo, e ainda Hélder Pereira, vice-presidente do Instituto Politécnico de Santarém, tendo todos estes enaltecido a pertinência deste projeto na região da Lezíria do Tejo, bem como colocado a sua instituição à disposição dos empreendedores.

A apresentação do Incubar+Lezíria seguiu-se à aprovação da candidatura da NERSANT aos Sistemas de Incentivos a Ações Coletivas, instrumento de apoio indireto às empresas que visa a promoção de fatores de competitividade no âmbito do Portugal 2020 (acordo de parceria adotado entre Portugal e a União Europeia). Tem como parceiros o Agrocluster Ribatejo, o Centro de Negócios e Inovação de Rio Maior, a Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo e o Instituto Politécnico de Santarém.

 

 

.