Bomba inspecionada pela ASAE

A única bomba de combustível da Raposa foi fechada ao público pela ASAE. Em falta estava a afixação de um selo com a aferição das bombas.

José Miguel, um dos sócios gerentes da Lubrifuel3, explicou a O Almeirinense que “o querer abrir a bomba em tempo record levou a que tivesse falhado um aspeto relacionado com a aferição. A ASAE veio cá e o interior da loja estava tudo bem, mas no exterior tinha um selo fora da validade. A Petrotec tinha o documento que mostrava que tinha sido feito a aferição, pois não teria sido possível abrir sem esse papel. Agora foi feita nova aferição, está valida até 2016 e a que foi feita estava certa, por isso não houve nenhum problema para os clientes”; justifica.
O posto da PRIO é o único posto de abastecimento na freguesia e está também dotado de café.

.