Alunos de Almeirim visitaram ETAR Almeirim/Alpiarça

Dezenas de alunos do 9ª ano do Agrupamento de Escolas de Almeirim estão a realizar um ciclo de visitas à Estação de Tratamento de Águas Residuais-ETAR de Almeirim/Alpiarça. A ETAR é a maior do universo de dezenas de ETAR da Águas do Ribatejo.

O equipamento implementado num terreno com uma área de 18 hectares (20 campos de futebol) garante o tratamento primário, secundário e terciário das águas residuais dos dois concelhos com mais de 30 mil pessoas.

As cinco lagoas de grande dimensão, onde vivem várias espécies animais e vegetais, são os ponto de atração dos alunos . As visitas visa perceber o processo de tratamento e o impacto nas linhas de água existentes na região. Até ao final do ano letivo todos os alunos do 9ª ano de Almeirim irão visitar o equipamento.

Em sede de aula, os alunos estudaram os fatores abióticos e a sua influência na dinâmica dos ecossistemas. Os estudantes estão a avaliar o modo como a poluição e as invasões biológicas afetam o equilíbrio no ecossistema.

O Sistema de Tratamento dos “esgotos” de Almeirim e Alpiarça é feito com um processo de biomassa suspensa em lagonagem. Após a maturação a água residual entra num microtamizador para afinação das cargas de sólidos em suspensão, sendo a desinfeção final feita por Ultra Violeta. As lamas que resultam do processo são encaminhadas para valorização agrícola e a água limpa e tratada é encaminhada para a Vala de Alpiarça que vai desaguar ao Rio Tejo.

A ETAR Almeirim/Alpiarça é uma das mais eficientes da Águas do Ribatejo e a sua requalificação em conjunto com as obras em todo o sistema de saneamento custaram mais de 4 ME. Os dois concelhos dispõe de tratamento de saneamento para mais de 90% da população com um dos sistemas mais modernos usados na União Europeia.

A ETAR está preparada para receber os esgotos recolhidos em fossas sépticas e as águas residuais provenientes de unidades industriais e agro-industriais mediante autorização da AR  e controlo analítico prévio.

.