Da esquerda para a direita: Ambiente

No mês em que se comemorou o dia mundial do ambiente (5 de Junho) é importante termos presente que todos somos responsáveis por prevenir e atenuar os desastres que têm vindo a ser cometidos contra o nosso ambiente. Tal como diz o artigo 66.º da Constituição da República Portuguesa no seu primeiro ponto: “Todos têm direito a um ambiente de vida humano, sadio e ecologicamente equilibrado e o dever de o defender.”
No passado dia 11 de junho, em Cáceres, vários partidos e associações ambientalistas, tanto portuguesas como espanholas, participaram na marcha ibérica a favor do encerramento da central nuclear de Almaraz, onde marcaram presença vários ativistas de “Os Verdes” de Almeirim. Como concelho ribeirinho do Tejo, que somos, devemos estar conscientes dos perigos resultantes do uso das águas do rio no sistema de refrigeração da central nuclear, assim como não podemos ignorar o facto da mesma se localizar a cerca de 100 km da fronteira. Não podemos também esquecer que o tempo de vida útil desta central já terminou em 2010, pelo que, à medida que o tempo avança, aumentam os riscos de acidentes. Agir na defesa de um Tejo e de um país livre dos riscos do nuclear é de elevada importância no momento atual.
Tendo presente que no nosso país se consome cada vez mais energia, o que contribui para a escassez dos seus recursos, é necessário haver alternativas e podermos escolhê-las. As energias renováveis, nomeadamente a solar e das marés, deverão ser uma aposta forte, assim como a poupança e eficiência energética para a promoção de consumos energéticos mais sustentáveis para o planeta. Em Almeirim a poupança energética tem sido feita ao nível da aplicação de tecnologia led em semáforos e iluminação, estando também em fase de experiência a energia solar na iluminação pública. Que pos–samos continuar a agir em defesa do Ambiente, pelo fim da era nuclear, em defesa da Vida, da Paz e do Planeta. Assim, devemos levantar-nos como cidadãos ativos e politicamente conscientes que somos e proteger o ambiente do nosso concelho e do nosso país.

 

Ana Rita Fernandes
Membro da Ecolojovem – Os Verdes e
da CDU de Almeirim

.