“Palhaço assustador” ataca em Almeirim

As autoridades de alguns estados norte-americanos estão em alerta e na Europa também há registos de casos. O fenómeno dos “palhaços assustadores” está a crescer. Em Almeirim, um morador na Quinta de S. Miguel diz que foi abordado por um mascarado que não disse nada e tinha uma mochila às costas.

“O palhaço apareceu à noite por volta das 10h da noite quando ele chegava a casa na Quinta de S. Miguel. Ficou assustado mas não lhe mostrou medo e disse-lhe q ia telefonar à GNR. O Palhaço fugiu para a zona do Parque Infantil”, descreveu  um familiar ao nosso jornal.

A pessoa que diz ter vivido a situação acabou por não apresentar queixa na GNR.

Nos casos conhecidos, usam máscaras e, estão munidos de machados ou motosserras, aterrorizam as pessoas na rua. Nas estradas, atravessam-se à frente dos carros para assustar os condutores. Os primeiros relatos de “palhaços assustadores” surgem nos EUA. Há vídeos na Internet, que contam milhares de visualizações, que mostram o desespero dos automobilistas. Uma das situações mais graves aconteceu, já este mês, na Suécia. Um jovem de 19 anos foi esfaqueado no ombro por um desconhecido que se pôs em fuga.

Em Portugal, não há nenhum registo destes casos nas autoridades. No entanto, Hugo Palma, responsável pela comunicação da PSP, alertou para o perigo: “O risco real é o de potenciar acidentes pessoais na fuga de pessoas, ou levar a uma reação de força por parte de terceiros”, afirmou ao Jornal de Noticia recentemente. “Aquilo que pedimos é que se forem vítimas ou tiverem conhecimento direto de algum caso, que rapidamente o denunciem”, disse o porta-voz da polícia portuguesa.

O Almeirinense com JN

.