Salamandra “assusta” em Almeirim

Uma salamandra de pintas amarelas foi vista, recentemente, em Almeirim. Um leitor de O Almeirinense partilhou nas redes sociais o sucedido e rapidamente surgiram diversos comentários.

O nosso jornal foi saber junto de especialistas, afinal que animal era este e se era perigoso. A espécie não tem estatuto de preocupante, mas como outro ser vivo deve ser preservado. A Salamandra com pele lisa e brilhante, preta com manchas amarelas em número variável. Podem também ter pontuações vermelhas. Cabeça grande e aplanada, de contorno arredondado. Glândulas parótidas grandes e com poros escuros bem visíveis, olhos relativamente proeminentes, em posição lateral. Corpo robusto com sulcos nos flancos e uma fileira de poros glandulares em cada lado da linha média vertebral.

A alimentação desta espécie é constituída por invertebrados terrestres. As larvas são muito vorazes e alimentam-se de insectos, crustáceos, pequenos vermes, e larvas de outros anfíbios ou mesmo da mesma espécie.

A “fama” dos anfíbios é má, e há muitos preconceitos e receios sem fundamento científico.

.