Esterilização

Muitos proprietários questionam-se se o seu animal de estimação deve ser esterilizado e porquê. Em primeiro lugar devemos pensar na questão reprodutiva e evitar que nasçam ninhadas e animais indesejados contribuindo para o abandono animal. Sempre que cães ou gatos não sejam destinados à reprodução, devemos esterilizá-los. Outra questão muito importante são os benefícios que a esterilização pode trazer para a saúde do seu animal. Nos machos (gatos e cães) a esterilização inibe os comportamentos agressivos, os comportamentos sexuais (saídas à rua, demarcação do território) e evita ainda o aparecimento de tumores nos testículos e próstata. Nas fêmeas (gatas e cadelas), inibe o aparecimento dos cios, gravidez psicológica e infeções do útero e diminui o aparecimento de tumores mamários. Em termos de saúde, o ideal é a esterilização ser feita precocemente (antes dos 6 meses). Por todas estas razões os animais esterilizados têm uma esperança de vida maior que os animais não esterilizados! As técnicas cirúrgicas mais comuns para esterilizar os nossos animais são a orquiectomia nos machos (remoção de ambos os testículos) e a ovariohisterectomia nas fêmeas (remoção dos ovários e útero). Existem alguns cuidados que devemos manter ao longo da vida de um animal esterilizado, como a adaptação do alimento (que deve ser específico), evitar as guloseimas e os restos de refeições que tanto contribuem para o aumento de peso dos nossos animais. E por fim, a prática de exercício físico, passeá-los e brincar com eles ajuda a mantê-los em forma por muitos e muitos anos!

Clínica Veterinária Campos de Almeirim

.