Jorge Fernando enche Salão Nobre

No terceiro dia da 3.ª edição do Festival Guitarra D’Alma foi dia de Fado e Vinho. O Salão Nobre encheu para ver Jorge Fernando e companhia.

“Este evento que cada vez mais é uma referencia no panorama nacional contou hoje com Jorge Fernando e o Mestre Custodio Castelo”, disse Pedro Ribeiro.

Jorge Fernando nasceu em 1957, trabalha como instrumentista, fadista e produtor, sendo um dos compositores mais interpretados do fado português. Autor de “Trigueirinha”, “Boa Noite Solidão”, “Chuva”, “Búzios”, “Quem vai ao Fado”, entre outros.

A carreira teve início aos 16 anos, quando trabalhou com o grande Fernando Maurício – o Rei do Fado. Pouco depois conheceu Alcino Frazão, um dos mais aclamados guitarristas do mundo do fado e começando a colaborar com ele. Um ano depois já fazia parte do grupo de Amália Rodrigues depois de ter substituído Alcino Frazão, numa atuação com Carlos Gonçalves, o director musical de Amália. Concorreu ao Festival RTP da Canção diversas vezes, em 1983, 1985 com “Umbadá”, e 1990. Com diversos álbuns gravados, em 2009 lança o “Vida” em colaboração com Ana Moura, Sam The Kid e a participação do Custódio Castelo. “Vida”, é também um tema cantado em parceria com Fábia Rebordão, que em conjunto interpretaram com grande ovação no final.

De resto é extensa a parceria e produção com Custodio Castelo e de muitas das novas figuras do fado de hoje. Em fevereiro já deste ano o Presidente da República atribuiu-lhe a distinção de Comendador da Ordem do Infante D. Henrique. Recentemente um espetáculo de homenagem a Amália Rodrigues, com produção sua, passou pela sala emblemática do Olympia de Paris e há poucos dias esteve no Rio de Janeiro. Prepara-se para 2017 comemorar os 40 anos de carreira.

O Festival regressa agora no dia 23 de novembro, pelas 21h30, no Salão Nobre com Marta Pereira da Costa.

.