Almeirim Cidade Emancipada

Há muito que Almeirim se emancipou de Santarém, capital de distrito, e que tão próxima está de Almeirim. Esta emancipação cultural, desportiva, económica e social resultou de uma potencialização das “gentes” de Almeirim. Alicerçado num trabalho contínuo, persistente, valorativo e responsável, desde há muito que tem sido possível assistir à emancipação de toda uma comunidade para com a capital do distrito a que pertence.
Sendo certo que todo este raciocínio e ponderação tem por base uma intervenção autárquica responsável e assertiva no desenvolvimento de todo um Concelho ao longo de décadas, não nos podemos esquecer que nunca seria possível a emancipação Almeirinense sem um tecido empresarial ativo, musculado e consciente dos seus objetivos e metas para o presente e para o futuro.
Temos em Almeirim uma população ativa para com a sociedade em que está inserida e que se pode constatar facilmente pela emancipação cultural e desportiva existente na última década no Concelho. Uma quantidade muito significativa de Almeirinenses dá o seu infinito contributo diariamente em inúmeras coletividades culturais e desportivas com o intuito de possibilitar o enriquecimento cultural e a prática desportiva às pessoas de todo um Concelho. Semanalmente temos uma panóplia e diversidade de ofertas culturais e desportivas que são transversais a todas as faixas etárias e gostos. Mas tudo isto só é possível porque existe um conjunto de pessoas dispostas a sair do seu bem-estar e do seu agregado familiar, contribuindo para melhorar o trabalho honroso que as muitas coletividades a que pertencem fazem diariamente.
No que diz respeito à emancipação económica, temos em Almeirim um conjunto de empresas de pequena e média dimensão que há muito deixaram de ser pequenas empresas familiares e que passaram a trabalhar para todo o Mundo através do recurso à internet e à adequação de novas práticas empresariais viradas para o cliente. A potencialização dos recursos materiais que existem hoje em dia no nosso dia-a-dia, claramente tiveram como consequência uma redução nos recursos humanos, mas possibilitaram o aparecimento de novos focos empresariais e, consequentemente, uma maior diversificação empresarial em Almeirim. Temos em Almeirim um ícone na economia do nosso país ao nível da restauração, da agricultura e do setor industrial com uma empresa de referência mundial. Pelo que temos um tecido empresarial diversificado e que nos permite olhar com agrado para o futuro.
Relativamente à emancipação social, existe em Almeirim um conjunto transversal de coletividades na sociedade que permitem desde há alguns anos o acompanhamento social de pessoas mais desfavorecidas e que dessa forma melhoram o seu dia-a-dia. Uma sociedade moderna terá sempre de ser vista e olhada como um conjunto no seu todo. Nunca poderemos desistir de pessoas, porque elas são o espelho da comunidade em que estamos inseridos. O reflexo do desenvolvimento de uma comunidade estará sempre, intrinsecamente, associado à sua população na sua globalidade, e existe um conjunto maravilhoso de Almeirinenses que nos últimos anos têm realizado um trabalho extraordinário e invisível nesse sentido. Pelo que há muito que Almeirim é um exemplo para todo o país, também socialmente.
Bem sei que muito mais poderia ter sido feito e que ainda se poderá fazer, mas estou convicto de que estamos todos juntos no caminho certo, e que o futuro ainda será melhor. Termino como comecei: há muito que Almeirim se emancipou de Santarém pelo exemplo que as suas “gentes” demonstram no dia-a-dia para com os seus pares.

Vasco Miguel Fortunato Carvalho
Professor e Presidente do Footkart

.