Banda Marcial acorda Presidente no regresso do feriado

A tradição ainda é o que era em Almeirim. A Banda Marcial de Almeirim saiu, no dia 1 de dezembro, à rua para tocar enquanto se procedia ao hastear das bandeiras da Câmara Municipal de Almeirim e Juntas de Freguesia.

A iniciativa começou junto à casa do Presidente da Câmara Municipal de Almeirim. “A manhã começou cedo com a Banda Marcial de Almeirim na rua. Uma tradição com dezenas de anos que regressa com o feriado”, escreveu Pedro Ribeiro.

A Restauração da Independência é a designação dada ao golpe de estado revolucionário ocorrido a 1 de dezembro de 1640.

O dia 1 , designado como Primeiro de Dezembro ou Dia da Restauração, é comemorado anualmente em Portugal desde o tempo da monarquia constitucional. Uma das primeiras decisões da República Portuguesa, em 1910, foi passá-lo a feriado nacional como medida popular e patriótica. No entanto, essa decisão foi revogada pelo XIX Governo Constitucional, passando o feriado a comemorar-se em dia não útil a partir de 2012. Porém, a partir de 2016, as comemorações do 1º de Dezembro voltaram a realizar-se no dia 1 de Dezembro, voltando, por isso, a ser Feriado Nacional.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa disse, esta quinta-feira, que o feriado que assinala a restauração da independência, em 1640, “nunca deveria ter sido suspenso”. “Este feriado nunca deveria ter sido suspenso”, disse, esta quinta-feira, o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, na comemoração oficial do Dia da Restauração, em Lisboa, a primeira desde que o feriado do 1.º de Dezembro foi reposto, numa crítica ao governo PSD, de Passos Coelho, que o suprimiu.

.