SCMA e Autarquia fazem acordo para melhorar estacionamento. Obra com financiamento comunitário de 85%

Foi aprovado, recentemente, em reunião de Câmara com cinco votos a favor (PS) e um contra (CDU), o protocolo com a Santa Casa da Misericórdia para a construção de parque de estacionamento na “cerca do hospital” junto ao mercado. O protocolo será válido por 15 anos, mantendo-se o serviço público que já tem sido feito nos últimos anos de forma gratuita e em terra batida, no futuro as condições serão melhores.

Desta parceria resulta que a obra terá 85% de financiamento comunitário e os outros 15% serão pagos pela Câmara Municipal de Almeirim. Numa obra que terá um custo de aproximadamente 100 mil euros.

“Face às instalações que existem na zona (Centro de Interpretação, Mercado que queremos requalificar em breve) é normal que se tenham de encontrar soluções para estacionamento”, começa por dizer o autarca a O Almeirinense.

Pedro Ribeiro faz ainda uma comparação com as grandes superfícies: “Hoje em dia, as grandes superfícies têm como uma das vantagens o facto de terem estacionamento e se queremos requalificar o mercado temos de pensar nisso”.

Pedro Ribeiro pega ainda na calculadora e faz outras coisas: “O custo para nós é de 15% do valor da obra. A alternativa seria expropriar e isso custaria dezenas de milhares de euros, muito tempo e perderíamos a possibilidade de ter fundos comunitários”.

Quanto às questões de arqueologia levantadas pela CDU, Pedro Ribeiro assegura que “isso foi explicado à Sra Vereadora que estava garantido, mas o comunicado já estaria escrito”.

Nesse comunicado, emitido no dia 16, a CDU considerava que não estava garantido o interesse público para construção de parque de estacionamento​.

.