Falta de água em Almeirim: “Zé Loureiro” o novo aguadeiro

Face à falta de água em Almeirim, José Loureiro recuperou uma tradição dos tempos do seu pai e distribuiu água à população. Antigamente quando faltava água, já o pai de José Loureiro a distribuía a quem precisava.

José Loureiro, morador no Pupo, encheu um depósito com 1000 litros de água e está a entregar aos vizinhos. Esta água não pode ser ingerida.

Um furo que abastece Almeirim colapsou e, afinal, é essa a justificação para que a água na cidade esteja barrenta. Inicialmente chegou a pensar-se que seria um problema num filtro, mas a situação é mais grave e só deve ficar resolvida ao final do dia.

De forma a repor todos as reservas de segurança, a Águas do Ribatejo iniciou esta manhã os procedimentos para a construção com caráter de urgência de um novo furo.

Neste momento há muita “areia” na rede, estando a empresa está a fazer descargas para a retirar e assim solucionar a situação. No entanto e dado os volumes de águas e os quilómetros de canalização envolvidos é suposto esta operação durar todo o dia.

Entretanto é desaconselhável o uso da água da rede de distribuição, devendo evitar-se a utilização de máquinas de lavar e outros equipamentos ligados diretamente à rede pública.

.