Falta de água: CMA faz pedido de inquérito e redução da tarifa às Águas do Ribatejo (c/vídeo)

Depois de furo de abastecimento colapsar e de um rebentamento de uma conduta que causou a perda de pressão, a rede de abastecimento de água na cidade Almeirim e na Tapada já está a ser restabelecida quase na totalidade.

O presidente da Câmara de Almeirim que acompanhou toda a situação desde o início informou que vai pedir a tarifa de disponibilidade às Águas do Ribatejo, para as mais de 14 mil pessoas afetadas. O pedido de redução na fatura será de três dias e o consumidor notará pouco.

Apesar deste pedido Pedro Ribeiro esclarece que também já foi pedido um inquérito para perceber o que se passou durante esta segunda e terça-feira, 7 e 8 de agosto.

O presidente da autarquia fez ainda um apelo aos habitantes para um consumo estritamente necessário deste bem de primeira necessidade.

Já depois das declarações de Pedro Ribeiro, o nosso jornal contactou a Águas do Ribatejo e fonte da empresa diz que “não comenta”, sublinhando que estão “em total sintonia com a Câmara Municipal de Almeirim e com o Senhor Presidente”.

 

.