ANPC vai sensibilizar os cidadãos para o risco de sismo com o exercício nacional “A Terra Treme”

“A Terra Treme” é uma iniciativa que a Autoridade Nacional de Proteção Civil está a preparar pelas 10h13, sexta-feira, 13 de outubro. Este exercício/simulacro nacional visa capacitar e sensibilizar os cidadãos para o que fazer em caso de sismo.

O “A Terra Treme”, tem a duração de um minuto e consiste em três gestos simples mas que podem fazer a diferença entre a vida e a morte: Baixar, Proteger e Aguardar.

Neste minuto, os participantes, individual ou coletivamente (famílias, escolas, empresas, instituições públicas e privadas) devem executar os três gestos de autoproteção acima referidos.

“Este exercício é um ato de cidadania. Reclama o nosso empenhamento, pois cidadãos mais bem informados e empenhados na sua própria proteção e segurança contribuem para uma sociedade mais resiliente e preparada para enfrentar o risco sísmico”, explica o Comandante Operacional Distrital (CODIS) de Santarém, Mário Silvestre. O CODIS acrescenta ainda que é “importante que cada um de nós se envolva na promoção e assuma a causa do fortalecimento da cultura de proteção e segurança. Como bem testemunhámos pelo evento sísmico ocorrido há dias no México, nenhuma nação ou sociedade está livre deste perigo, razão pela qual a nossa mobilização em torno desta causa da proteção e segurança pode, e deve, começar pelos três gestos simples”.

Em 2016 este exercício contou com a participação de 47960 de pessoas organismos ou empresas, 316022 alunos de várias escolas do país e 4371 pessoas particulares.

Nesse mesmo dia 13 de outubro é celebrado o Dia Internacional de Redução das Catástrofes, que este ano tem como tema central “Home Safe Home: Reducing Exposure, Reducing Displacement”.

.