CIMLT implementa plano de adaptação às alterações climáticas na Lezíria do Tejo

Arrancou no passado mês de Agosto, o Plano que integrará as Estratégias Municipais de Adaptação às Alterações Climáticas (EMAAC) e os Planos de Ação, Monitorização e Divulgação.

O plano vai ser elaborado durante um período total de 18 meses, em colaboração com os 11 municípios que integram a Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo (CIMLT), grupo onde se inclui o Concelho de Almeirim. O plano está a ser implementado pela PROCESL, uma empresa do Grupo Quadrante, em consórcio para a CIMLT.

Para Ana Filipa Ferraz, Administradora e Responsável pela Área de Ambiente do Grupo Quadrante, este esforço intermunicipal de elaboração de um plano de adaptação às alterações climáticas “é uma prova de que em conjunto, é realmente possível fazer a diferença.” A administradora relembra que as alterações climáticas “estão a contribuir para a alteração do mundo como o conhecemos hoje e as consequências ao nível ambiental, económico e social vão ser cada vez maiores se não forem desenvolvidas medidas que minimizem os efeitos originados”.

O Plano Intermunicipal vai ser desenvolvido em quatro fases, cuja primeira etapa já contou com a realização de um workshop no passado dia 8 de Novembro, com o objetivo caracterizar eventos climáticos passados e promover a partilha de experiências e a interação entre os diferentes atores sociais da região.

Das restantes fases do plano fazem ainda parte a identificação de vulnerabilidades futuras, a definição de cenários e a hierarquização de prioridades de adaptação da Lezíria do Tejo às alterações climáticas.

 

.